Wikipedia Quintão

by

Há pouco acabou um debate na televisão com os dois candidatos a sucessão na prefeitura de Belo Horizonte. Ofensas e farpas à parte um detalhe me chamou a atenção. O candidato Quintão (fenômeno de comunicação e populista de araque) vem tropeçando feio na batalha do 2o turno e devolvendo o eleitorado ao opositor. Nos tropeços teve de tudo. Foi sotaque caipira forçado, declaração infeliz sobre preso político (abrindo espaço para ser acusado de não ter conhecimento sobre a ditadura), o tal video do “vamo ganhá e vamo chutá a bunda deles“, diploma de curso superior em cheque, acusação de farsa nas supostas ameaças que vem sofrendo e isso tudo sem contar as promessas demagogas com o bordão: “isso dá pra fazer“.

Pois bem, o último tropeço vem de um material publicado no site do candidato que é simplesmente cópia do Wikipedia. E o pior, sem referência à fonte. No tal debate que mencionei o candidato foi perguntado sobre isso e respondeu que atualmente a internet é uma grande fonte de pesquisa para a sociedade, estudantes, pesquisadores e qualquer outra pessoa. E com certeza é, agora o problema é saber filtrar do grande lixo aquilo que realmente tem alguma relevância.

Em plena era da informação ninguém duvida que, quem controla a informação tem o poder. Daí o medo do mundo ao ver o Google crescer tanto e daí a vontade do Google de se enfiar cada vez mais e mais na vida (íntima) das pessoas. O Google cresceu por sua credibilidade e eficiência nos resultados de busca, procurando a resposta em milhares de fontes, confiáveis ou não. O Wikipedia nasceu por trás de uma idéia interessante (que é o conteúdo feito e revisado pelo próprio internauta) mas é justamente aí que está o seu maior problema. Teoricamente, se alguém escrever besteira, o próprio usuário que constatar a divergência poderá entrar em contato com a administração e solicitar a correção da informação. Caberá então aos poderosos do Wikipedia julgar o fato e consertar ou não o verbete. Isso é conhecimento? É fruto de estudo, pesquisa, testes? Ou seria apenas senso comum? A discussão está no ar. Acredito que ainda assim a idéia da enciclopédia livre seja válida mas apenas para uma consulta informal e não para ser levada a sério ou à risca.

O que dizer então de um candidato que copiou do site a sua proposta de governo? É isso que a gente quer pra Belo Horizonte?

Uma resposta to “Wikipedia Quintão”

  1. Glauciene Says:

    Primeiramente gostaria de parabeniza-lo pelo blog. Adorei. Vou entrar sempre. Para quem disse que não sabe fazer texto, a retórica está surpreendente! E é claro que eu não poderia deixar de comentar.

    A única vantagem dessa eleição é que nunca o voto foi tão debatido entre os cidadãos de BH (pelo menos desde que eu me entendo por gente). O pior é que quanto mais conhecemos os candidatos, mais difícil fica para escolher.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: