Música – Iluminai Robert Plant

by

 

Pai nosso que estais no céu, iluminai Robert Plant que está na Terra.

Como fã incondicional de música, algumas situações me deixam extremamente chateados. Uma delas é não conseguir o mesmo desempenho com um instrumento em mãos que outros seres humanos conseguem. Tudo bem. Outra coisa é não ter o privilégio de ver em vida algumas pessoas que admiro. Não poder ir ao show deste ou daquele artista. 

Quando eu nasci, Deus fez uma lista dos shows que eu deveria ir e confesso que tenho cumprido bem. Já risquei dela vários nomes de peso como U2, Rolling Stones, Green Day, Silverchair, No Doubt, Red Hot Chili Peppers, Iron Maiden, Korn, Ozzy Osbourne além de quase todos os brasileiros interessantes,  com direito a tropa de elite da MPB de Chico Buarque a Tom Zé passando pelo rock dos anos 80 e demais artistas consagrados.

Por causa de fatalidades, infelizmente alguns nomes não serão jamais riscados. No caso de bandas dissolvidas, que os integrantes continuam vivos, a simples esperança de “um dia assistir” já me conforta. É o caso de Pink Floyd, Secos e Molhados, Sepultura (com Max), Black Sabbath (com Ozzy) e… Led Zeppelin. 

Já algumas bandas na ativa, só me deixam a opção de rezar para que venham ao Brasil (pelo menos SP), para que eu possa prosseguir nesta missão. É o caso do Metallica (2009??!), Rage Against The Machine, System of a Down etc.

Agora, por mais dinheiro que eu possua, nunca verei um show do Nirvana, dos Ramones, do Beatles, de Chico Science, Cazuza e da Legião Urbana. Nem dos Mamonas (tive a chance de ir e não fui).

Esta situação é muito triste. É uma engrenagem da vida com a qual não podemos lutar. De todas as situações mencionadas, talvez a pior seja aquela do cara que está vivo e por birra (pirraça, xilique) não quer dar o braço a torcer e dar alegria ao povo. Por mais nobre que seja o motivo da separação, porque não passar por cima e através da linguagem universal da música levar felicidade a milhares de pessoas?? 

Segundo consta, Robert Plant não quer voltar a tocar com o Led Zeppelin para seguir adiante com sua carreira solo. Meu amigo, não brinque com o coração da gente. O fato de termos 3 dos 4 Zeppelins originais vivos 30 anós após o início da banda é uma dádiva de Deus. Por favor engula o orgulho e dê ao povo o que o povo quer. 

No final de 2007 o Led Zeppelin fez uma única apresentação em Londres. Foi um show extraordinário em que a vida dos presentes foi abençoada. Desde então, a vida do resto da humanidade (?!) clama por salvação pedindo também a oportunidade de presenciar a voz de Deus.

Dizem as más línguas que já oferecem US$300 milhões para Robert voltar atrás e excursionar com a banda. Mas o rapaz é teimoso. Não quer dinheiro. Os outros Zeps (John Paul Jones, Jason Bohan(*) e Jimi Page) ameaçaram sair em turnê com outro vocalista. Nem assim o gélido Robert ficou sentido. Hoje, um ex-promoter da banda responsável pelo show de 2007 e também por outros na década de 70 e 80, veio a público dizer que pediu a banda para não arrumar outro vocalista. Estão pensando em chamar Steven Tyler. Não é tortura demais? Já não basta nossa dor?

Acho que a única opção que nos resta é rezar. Façamos em grande estilo assim como Jack Black fez nos ‘extras’ do filme Escola de Rock:

“Lords of rock Led Zeppelin!! Grace us with your mighty love.”

 

 

(*) Jason Bohan é baterista e filho do baterista original do Led, John Bohan.

Anúncios

Tags: , ,

Uma resposta to “Música – Iluminai Robert Plant”

  1. Fred Bitt Says:

    Cridita que já vi Sepultura com o Max lá em BH há muuuuito tempo?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: