Música – Pop Rock Brasil 2008 – 25 anos

by

poprock2

Quando eu completei lá pelos meus 5, 6 anos de Pop Rock Brasil, já tinha uma certa idade nas costas e causava um alvoroço em casa quando dizia que estava indo pro show. O pessoal criticava dizendo que eu estava muito velho praquilo mas eu não ligava. O meu amor à música é incondicional e atemporal. Pretendo com meus 100 anos (amém) continuar frequentando os shows que possam existir na época. Mas o fato é que o próprio Pop Rock começou a desmoronar e então eu me prometi: “vou completar 10 anos!“. Infelizmente a história foi um pouquinho diferente e o festival ficou tão ruim que quebrei a promessa no 8o.

Em 1983, o Pop Rock Brasil se chamava apenas Rock Brasil e era um festival completamente diferente do que temos hoje. Tá certo que o Brasil e principalmente o cenário musical em Belo Horizonte estão diferentes mas mesmo assim a análise é válida. Não vivi esta época mas tenho relato de primos que dizem que os melhores shows que assistiram foram aí, a exemplo de Titãs, Barão Vermelho e Paralamas. O rock nacional estava agitado vivendo a glória do “Rock 80“.

Em 1994, só de ver as bandas que fizeram parte do ‘cast‘, percebe-se a preocupação do festival em promover a cena e firmar BH como cidade rock. Bandas como Raimundos, Chico Science, O Rappa e Virna Lisi, todas elas que estavam começando e não tinham estourado no cenário nacional, tocaram no Festival que comprovava seu pioneirismo e bom gosto.

Os anos de 1995 e 1996 passaram batido e não aconteceu o show. Talvez por crise, dificuldades financeiras, alta do dólar e do petróleo.. Eles tiveram que repensar na vida. Talvez o Rock Brasil não estivesse sendo lucrativo o suficiente. Então, em 1997, retomaram o projeto com algumas alterações. A começar pelo nome, virou POP ROCK BRASIL. Nesta primeira edição é possível perceber os novos conceitos por trás da festa e a lucratividade parece que passou a imperar. Eram dois dias de show (como de costume) mas o primeiro foi DIA DO AXÉ e o segundo DIA DO POP ROCK.

Dia do Axé???? Fala sério!!! Mas é verdade. Bandas como Cheiro de Amor, Daniela Mercury, Nepal e Pimenta Nativa tocaram neste ano. Este foi o meu primeiro Pop Rock e eu só fui no segundo dia, aonde tivemos Engenheiros do Hawai, Paralamas do Sucesso, Skank, Pato Fu e etc.

De lá pra cá foram muitos Pop Rock, muita festa, muito show, muita alegria e bons momentos. Me lembro de shows memoráveis como Cássia Eller, Planet Hemp, Sepultura (quem diria), Raimundos, Charlie Brown, Los Hermanos, Skank, Titâs, Capital Inicial, Ultraje a Rigor, Paralamas do Sucesso, Kid Abelha, O Rappa e até Angra.

 

Coleção de Ingressos

Coleção de Ingressos

O problema começou quando as bandas que tocavam começaram a se repetir. Parece que o cenário nacional estava em crise então eles escalavam sempre os mesmos artistas, afinal de contas não se mexe em time que está ganhando. Me lembro bem do Biquini Cavadão dizendo “hoje é o 10o Pop Rock que nós tocamos!!“. Credo! O pior é que nesse meio tempo o Biquini quase não lançou discos e então o seu show é sempre baseado nos clássicos de uma época que já foi. No primeiro ano você vê a banda tocando Vento Ventania, Zé Ninguém, Impossível, Timidez e acha legal pra caramba. Dez anos depois eles estão tocando as mesmas músicas na mesma ordem e querendo manter a emoção?? Ah, pára ô!

Outro que cansou foi o Capital Inicial. Depois que ressurgiram das trevas com o Acústico MTV fizeram uns 3 shows bons no Pop Rock, os outros 200 foram mais ou menos iguais. Com isso o festival foi cansando a paciência de quem era fiel. Não tinha novidades, era sempre a mesma coisa. Entrava uma banda diferente aqui, outra ali, mas o esqueleto sempre o mesmo. Engenheiros-Capital-Titãs; Engenheiros-Capital-Titãs; Engenheiros-Capital-Paralamas; Biquini-Capital-Paralamas; Biquini-Nenhum de Nós-Paralamas; Biquini-Pitty-Capital. E por aí vai…

De todas as edições que fui, aquela que lembro com mais saudade foi o Pop Rock de 1999 Tributo à Legião Urbana. Inesquecível. “Com vocês, abrindo o Pop Rock Brasil, Legião Urbana!!” Todo mundo fez um minuto de silêncio e pôs a mão no coração, de repente um video de Renato Russo sozinho tocando violão apareceu e a emoção foi forte. Além disso todas as bandas eram obrigadas a tocar uma música da Legião e vieram performances maravilhosas como Cidade Negra cantando Tempo Perdido, Lulu Santos (lendo a letra) cantou Índios, Wilson Sideral (até tú tatu) cantando Pais e Filhos, Raimundos tocou Fábrica, Pato Fu tocou Eu Sei, Capital, Biquini e Paralamas tocaram Que País É Este e a mais difícil de todas, Faroeste Caboclo, foi magistralmente executada por Tianastácia.

 

O melhor Pop Rock

O melhor Pop Rock

Neste ano o Tianastácia havia sido o ganhador do “COMBATE(*) da época” para tocar no Palco Principal e acabou emocionando a platéia. Eu já era fã da banda e estava ancioso pelo show. Já o grande público talvez conhecesse Cabrobró. A banda tinha (se não me engano) 30 min para tocar e eles não quiseram errar a mão, tocaram uns 3 de seus ‘sucessos’ e partiram pra homenagem mandando de Faroeste. Ainda sobrava tempo. O que viria? Nos shows próprios eles costumavam tocar Killing in The Name do Rage Against The Machine então os fans presentes pediram a música em côro. Mas para surpresa geral eles resolveram variar e tocaram Rage, como esperado, porém a música foi outra: Bulls On Parade. Eu podia ter morrido ali.

Fora o problema das atrações principais do Pop Rock outras coisas tiravam o brilho da festa. A cada ano o ingresso ficava mais caro. A maldita ‘área VIP‘ ficava cada vez maior (lá na frente do palco). O preço das bebidas lá dentro beirava o absurdo. E um belo ano trocaram os belos sanduíches engordurados de pernil pela franquia McDonald´s. Como se não bastasse, a idade do público que frequentava começou a cair vertiginosamente. Hoje a idade mínima deve ser 9 anos e na propaganda diz “Traga seu pai e sua mãe!“. As bandas finalmente foram alteradas (algumas continuam claro) e agora o lema é agradar o público teen.

Esta 25a edição do Pop Rock é um trunfo do marketing e da comunicação de massa voltada para a máxima lucratividade. Eu imagino que não é fácil manter um festival durante tantos anos mas quer saber, me inclua fora desta!

Um amigo (satanás em pele de cordeiro) veio me tentar: “Tenho duas cortesias de camarote com bebida liberada pro sábado de Pop Rock, bora??“. Ai ai ai… isso não se oferece. Pensei em ir para fazer uma análise fria, ácida e objetiva de tudo o quanto fosse podre que estivesse por ali mas ao ver as bandas desanimei e fui fiel ao meu ideal. As bandas eram: Jack Tequila, Manitu, Sideral, Código B, NX Zero, Jota Quest e Maroon 5. Intragáveis! Cada uma merecia um post próprio mas não vem ao caso. Vamos nos concentrar então na atração internacional: Maroon 5.

This love has taken its toll on me, she said goodbye, too many times before…“. Sabe como que chama isso? One hit wonder. É quando uma banda só tem uma música. Não conheço, não quero conhecer e tenho raiva de quem conhece as outras músicas deles. Tá bom, eu até ouvi por alto mas só reforçou a suspeita. Como uma grande one hit wonder band, aproveitaram para vir ao Brasil e ganhar uns trocados antes que a fase passe.

Já o show de domingo reserva uma doce e inacreditável surpresa que, este sim, merece um post próprio(**). The Offspring. A pergunta que vem é, “O Offspring caiu ou o Pop Rock melhorou?

E alguém ainda tem dúvida?

poprock

(*) Disputa entre bandas independentes para tocar no Pop Rock.

(**) Vou me esforçar para ouvir o show do Offspring pela rádio, pela internet ou depois no YouTube e aí sim escrevo a respeito.

Anúncios

Tags: , , , , , , , ,

7 Respostas to “Música – Pop Rock Brasil 2008 – 25 anos”

  1. Bárbara Says:

    Maroon 5 não é tão one hit wonder assim, poxa..hahahah! tem pelo menos umas 5 músicas boas e, inclusive, uma com Kanye West, um rapper bastante famoso, que é chuchu beleza!!!!

  2. Dani The Girl Says:

    Eu estava lá no Tributo à Legião e devo concordar com vc, foi um dos melhores…
    De lá pra cá a qualidade do evento realmente caiu demais. E hj, ao ver o naipe do povo que vai nesses shows, me pego pensando: como pude? A continuidade da minha vida dependia de ir no Pop Rock!
    Enfim, adolescência é fogo.

  3. Thamiris Says:

    nossa… esse foi o meu primeiro pop rock! rs… sempre quis ir, mais que decepção, o sábado foi horrível, só fui pq já tinha pagado o ingresso, van, etc… já o domingo foi melhorzinho, até o show do strike me surpeendeu quando o digão subiu no palco! nossa! nem acreditei!! ô raimundos!! Offspring não precisa nem comentar, né?! coisa de outro mundo!!
    o que eu queria realmente ver foi o pop rock tributo Legião Urbana, mais não tinha idade… bem que eles poderiam fazer de novo (com bandas de ‘classe’, claro!) meu sonho é ver titãs, paralamas, engenheiros, etc… tudo junto de novo no pop rock, mais fazer oq né… isso não vende tanto quanto as modinhas de hoje…
    já sobre o público, outra decepção… só vi playboysinho axezero e patricinha farofera, e a censura passou pra 14 anos!! acreditem se quiser!!

    definitivamente: nasci na época errada!!

  4. bussainchains Says:

    hehehehe eu costumo dizer a mesma coisa viu Thamiris, e como diria um amigo meu: “eu queria ter 20 anos em 1970”. Aí seria perfeito.
    Abraço!

  5. Caster Says:

    Eu tava la no tributo a legião, muito bom, tenho os canhotos dos ingressos dos dois dias separados, o melhor dos melhores.
    Abraçaum.

  6. Sidão do Bem Says:

    Fala galera , puts cara foi foda nem me lembra… um tributo memorável, também guardo o canhoto desse tributo que foi fantástico…depois do Renato Russo só mesmo a Cássia Eller e como ele mesmo dizia os bons morrem logo e já viajaram fora do combinado os dois feras… com certeza estão fazendo um puta show lá nas nuvens…
    Forte abraço!!

  7. Robson Luiz Says:

    Bom post. Pra mim o momento que você chamou de a glória do “Rock 80“ será sempre bem lembrado.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: