E a Lei Seca?

by

leisecadomingo

Imagine um Brasil-Colônia querendo virar Brasil-Brasil. Junto com a “liberdade” vem as responsabilidades e então vem um povo de “primeiro mundo” dizendo qual é a lição de casa para atingir a felicidade. Eles vem com uma receita de bolo pensada e testada em seu país. Como nem tudo são flores a tal “lição” tem muita coisa chata. No país do carnaval porque esquentar com isso? Vamos ficar só com a parte boa! E nesta brincadeira alguns setores como educação, saúde e etc foram sendo esculachados ao longo das décadas. Quando você pensa que não, lá estão os gringos dando palpite aqui dentro de novo. “Para investirmos no Brasil, para negociarmos com o Brasil, para explorarmos o Brasil queremos que a Amazônia seja protegida, que a taxa de mortalidade infantil caia, que a distribuição de renda melhore…” Pô, que povo injuado. O que fazemos então? Uma lei de mentirinha! Isso! Para todos os efeitos (e quando convém) a lei vale, mas fora isso esqueça. É só uma lei “pra inglês ver”.

No ano passado 35 mil pessoas perderam a vida no trânsito no Brasil. Boa parte destes acidentes tiveram o álcool como causa. A situação é tão dramática que o número supera a quantidade de mortes de países oficialmente em guerra. Seria natural que o governo tomasse alguma atitude e tomou.

Bebida e direção (pergunte a qualquer sóbrio) realmente não combinam mas o nosso problema vai muito além da rebeldia adolescente de um ou outro. É um problema cultural. Não sou eu que bebo e dirijo. É simplesmente 100% da população que bebe e que dirige, que fazem isso. Claro que os abusos são minoria (será?) mas uma ‘cervejinha’ seguida de volta dirigindo pra casa, é fato. E fazem isso meu pai, meu avô, meu irmão, meu vizinho, meu chefe, meu amigo, meu tio, meu governador e meu presidente. Como as mulheres agora estão correndo atrás da igualdade, também não ficam para trás.

A proposta de Lei Seca era até boa. A olhos sensatos, era uma coisa que estava passando da hora de acontecer mas que devido a interesses (de todo mundo) fazia-se vista grossa. Parece que a triste estatística serviu de estopim, ou gota d´água, para a revolução. Adotou-se a tolerância zero! Uma lei rígida e pé-no-chão. Bebeu? Não interessa amigo, não vai dirigir e ponto final. Não é óbvio? Seria, não fossem os costumes enraizados e os interesses disfarçados.

Os primeiros a darem a cara a tapa foram aqueles da associação de bares e restaurantes. Como a lei assustou a população (à princípio parecia coisa séria) o movimento na ‘noite’ caiu drásticamente e então os empresários fizeram o impensável, entraram na justiça contra a lei. -‘Nosso movimento caiu, estamos demitindo gente!’ Mas e as estatísticas de estradas mais seguras e hospitais mais vazios? Não vem ao caso.

ceubaf

No olho do furacão todo dia a mídia fazia amplas reportagens sobre o bafômetro: como funciona, como burlar, como escapar, o que dá certo, o que não dá certo.., de quebra mostrava imagens de ‘blitzes’ e anunciava dados como ‘Belo Horizonte vai estrear 140 bafômetros‘. Foi o caos.

Hoje, passada turbulência, eu pergunto. Cadê os bafômetros? Cadê as blitzes? Cadê as matérias no jornal? Cadê as estatísticas? Não tá valendo mais? Poxa, então me avise pra eu voltar à ativa. Alguns dizem que o objetivo era só assustar para evitar os abusos. Não sei não, olhando friamente fica parecendo que era uma lei cafofa como resposta àquela estatística dos acidentes, ou então, queriam desviar a atenção de algo mais grave (como algum escândalo político qualquer), e na prática o que fica? Uma blitz aqui e outra ali e vez por outra tiram alguém “de Cristo” para estampar o jornal.

jesusdriver

Tags: ,

3 Respostas to “E a Lei Seca?”

  1. Flávia Says:

    Realmente é difícil respeitar…..

  2. Flávia Says:

    Só porque vc escreveu sobre esse assunto…
    Hj eu já vi eles falarem da Lei em três jornais diferentes. Inclusive, no jornal Nacional, mostrou que em MG chegaram 176 bafômetros. Parece que os acidentes voltaram a subir… sinal de mais blitz por aí.

    Então, fiquem atentos!!!!!!!!!!

  3. Ralfer Says:

    Eu acho que tem que ter cadeia. Bebida nunca deu certo com volante. Chamem o taxi!!!! Abraços, Ralfer

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: