Quinta temporada de LOST

by

lostposter5a

Fui atraído para o universo Lost devido ao sucesso absurdo do seriado no mundo todo. Mas esta não foi a questão crucial para começar a assistir. Talvez tenha sido o clima de suspense ou simples curiosidade pelo enredo.

Outras séries hiper-mega-famosas de sucesso estrondoso e qualidade reconhecidas, confesso que não assisti até hoje por simples preguiça. É tipo assim, eu sei que vou gostar mas não quero ter o trabalho de começar a assistir uma série já consagrada que tem 15 temporadas, sacumé? Assim sendo até hoje não assisti NENHUM episódio de Friends, Seinfeld e etc.

Na minha época eu assistia era Anos Incríveis, Confissões de Adolescente (brasileiro veja você!), Round House, Full House (Três é Demais) e My So Called Life (Minha Vida de Cão).

O Lost, logo nos primeiros episódios eu já fiquei de cara e à medida que a trama foi se desenrolando eu ia ficando mais envolvido e fascinado. Não teve jeito, virei fã. Eu e metade do mundo, claro.

Tudo ia bem, quando um belo dia descobri que a série teria 6 temporadas. 6??!!! Na 2ª já estava meio “forçando a barra”. Fiquei meio cismado, mas continuei assistindo. Por incrível que pareça eles ainda conseguiram driblar uns probleminhas e, ainda hoje, nos surpreender com aquelas tramas que você segura na sofá e diz: “como assim? caráaio!”

Claro que nem tudo são flores. Os momentos geniais vão ficando cada vez mais raros mas a diversão ainda é garantida. Outra coisa triste (e a única que parece que não vai ser explicada) foi a tal participação de Rodrigo Santoro. O episódio dele foi até bom, mas no final, ficou subentendido que seu personagem iria voltar a qualquer momento, pois fora enterrado por engano (ao ser picado por um veneno que parava a batida do coração e aparentava morte, mas não matava). Pelo jeito o bicho voltou mas, como estava enterrado, morreu de vez.

Assisti estes dias 4 episódios da 5a temporada e foi o suficiente para reacender a chama no peito.

Na última temporada começaram aqueles esquemas de flash-forward, ou seja, o inverso de flash-back. O espectador via algumas cenas ‘do futuro‘. Nesta temporada acontece algo um pouquinho mais complicado, os personagens literalmente viajam entre passado e futuro e com isso somos convidados a re-viver momentos clássicos da intrigada história da ilha, como a queda daquele aviãozinho do padre traficante, ou (fiquei de cara), a chegada da francesa, 16 anos atrás, ainda gravida.

Não vou contar mais nenhum detalhe, só recomendo!

Tags: , , , , , , , , ,

4 Respostas to “Quinta temporada de LOST”

  1. Fred Bitt Says:

    Realmente, pensei a mesma coisa quando falaram das 6 temporadas, mas com esse esquema de timespace-travel, tem pano pra manga…

  2. Bauer Says:

    Pensa pelo lado positivo… agora faltam só duas!!! Rsrsrs…

    Vc vai continuar sendo meu fornecedor ou vou ter que voltar ao Paraguai pra conseguir comprar alguns episódiosinhos??? Rsrrsrs….

  3. netiteve Says:

    Eu descobri a série ainda no primeiro ano quando passou na Globo, depois disso já estava viciado e tive que ir atrás e acompanhar em tempo real, ou quase.

    Lost não dá para esperar comodamente no sofá até que a tv aberta decida passar.

  4. Flávia Campos Says:

    Adoro!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: