Antes fosse…

by

dead

Esta semana, dia 5 de abril, completaram 15 anos da morte de Kurt Cobain. Ele foi um dos primeiros artistas contemporâneos cuja morte me lembro. Aliás, passei a ouvir o Nirvana devido a tamanha comoção ao redor da notícia.

Me lembro da retrospectiva daquele ano (94) quando um dos destaques foi a morte do cantor que influenciou milhares de pessoas e criou um movimento na música mundial, o Grunge. Depois disso, quando a MTV “comemorava” meses do acontecido, resolvi assistir alguns especiais e, inevitavelmente, virei fã.

A morte de Renato Russo ouvi pelo rádio. Foi mais ou menos a mesma história do Nirvana. Não conhecia seu trabalho e comecei a destrinchar mesmo após a morte. Já o Mamonas, esse eu conhecia bem (e quem não?), minha irmã então novinha me deu a notícia com os olhos cheios de lágrimas.

Também me lembro do Chico Science. Estava viajando e não sabia de nada quando de repente uma ligação do meu irmão me revelam duas trágicas notícias: 1-Max saiu do Sepultura; 2-Chico Science morreu. Meses antes ouvi na rádio “Chico Science e Nação Zumbi tocam em Belo Horizonte pela segunda vez em menos de um mês!“, pensei, ‘se estão vindo direto, oportunidade é o que não vai faltar’. E faltou, até hoje me arrependo.

Já a Cássia Eller eu estava na praia. Morreu no reveillón. Lembro de estar sentado num boteco quando um menino passou vendendo um jornal de longe que trazia alguma notícia sobre a Cássia na capa, achei que se tratava de algum show importante na virada (realmente ela ia fazer o reveillón de Copacabana). No outro dia o Scooby, com a sua delicadeza que lhe é peculiar me disse: “…e a Cássia hein? Foi pro saco!”

Um dia resolvi perguntar pessoas mais velhas sobre como foi a notícia e repercussão da morte de pessoas famosas. Eu mesmo nasci num dia trágico. Essa história quem conta é meu pai, no dia 9 de julho de 1980 se apaga uma estrela e outra se acende. Morria Vinícius de Morais e eu nascia. hehe

Mas nada foi mais forte e sincero que o depoimento do meu querido Tio Zinho a respeito da morte de seu maior ídolo. Em suas palavras:

Zinho: “eu estava em alguma boate em Belo Horizonte quando Miltinho veio correndo afobado e dizendo ‘Zinho você não sabe quem morreu’. Pelo jeito que veio achei até que fosse alguém da família, tomei coragem e perguntei ‘Quem? Fala logo!” Ele disse: John Lennon. -Puuuta que pariu!!, desabafei, antes fosse alguém da família.

Anúncios

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , ,

6 Respostas to “Antes fosse…”

  1. Ralfer Says:

    Cara, lembro-me de mais do dia 01/05/1994 – fatídico dia da morte do maior ídolo nacional, Airton Senna. O corpo dele chegou no Brasil no dia 03 e seria sepultado no dia 04 – meu aniversário. Nesse mesmo dia, acabava de receber o boletim da escola, onde meus pais deveriam assinar. Eu tinha um grande vermelho em ciências e mostrar aquilo aqui em casa, seria caso de morte. Bom, meu aniversario + sepultamento do Senna, o clima estava o melhor para mostrar para o pessoal e manerarem nos ferros… Estavam mais chateados com a batida do piloto que com minhas notas… Deu certo. Pelo menos naquele semestre…

    • bussainchains Says:

      Eu também me lembro deste dia, e tudo ao vivo né. Senna agonizando na pista e a câmera estática filmando os longos minutos até que o socorro chegasse. Depois veio o Faustão, também ao vivo, e fez a cobertura completa da tragédia em tempo real até chegar o boletim oficial confirmando a morte. Foi terrível.

      Anos depois veio o acidente com Herbert Viana e a mesma cobertura ao vivo com os últimos boletins, meu coração apertou de novo com medo do pior. Felizmente este escapou.

  2. Flávia Campos Says:

    Ah falô, Estrela!!! kkkk

    Tio Zinho é ÓTIMO!!!!

    Me lembro bem da morte dos Mamonas, fiquei arrasada!

  3. Flávia Campos Says:

    Lendo esses depoimentos também vou deixar o meu: em 18 de março de 1993 morreu uma estrela muito importante na minha vida: minha Mãe!!
    Também fiquei bem chocada e deprimida… mas o tempo ajuda.

    • bussainchains Says:

      Num 18 de março sua mãe se foi, em outro meu pai chegou.
      São só dois lados da mesma viagem.
      De todo jeito, meus sentimentos.

  4. Mat Says:

    Todos grandes músicos, principalmente John Lennon.
    Eu não era vivo na época, mas sou fã.
    Parabéns pelo texto.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: