Música – Michael Jackson

by

vejamj

Não foi pela MTV muito menos pelo Fantástico. Conheci Michael Jackson em 1982, quando então com 2 anos, um amigo do meu pai me presenteou com o grande LP do ano, Thriller.

Mais tarde, não sei presente de quem, meu pai trouxe para casa uma fita VHS com o making of completo do videoclipe da música que dava nome ao disco, o mesmo Thriller. Além de trazer os mais de 10 minutos do clipe, a fita mostrava etapas de maquiagem  (com os mortos-vivos e o lendário lobisomem), efeitos especiais da transformação, edição de áudio, ensaio da coreografia, entrevista com John Landis (diretor) e o próprio Michael, entrevista com fãs e trechos de imagens de arquivo como o clipe de Beat It, alguma coisa de Jackson 5 e o histórico Moonwalk durante Billie Jean na festa da Motown.

Procurei a fita para relembrar aqueles momentos e não encontrei, deve estar perdida no meio de alguma bagunça. Na verdade acho que hoje é possível assistir ao mesmo documentário no YouTube. Só o fato da fita ainda existir já é quase um milagre, não sei como ela não rasgou ou furou, afinal, não foram nem 1 ou 2 dezenas de vezes que ela tocou e sim centenas de exibições sempre marcadas pela tentativa de imitar a coreografia ou pelo olhar amedrontado de quem se intimidava pelo terror.

Nos anos 80, quase todos que foram à minha casa assistiram uma sessão do video. A visita chegava e meu pai já dizia “coloca o Michael Jackson!” E todos comentavam ‘esse cara é foda hein‘.

No domingo 21 de junho de 2009, durante um almoço de família, uma tia lembrou saudosa: “ah esses meninos eram terríveis, colocavam o monstro de Michael Jackson na televisão e ficavam me chamando pra assistir, eu não gostava de ver aqueles defunto dançando e tinha medo, mas eles riam e riam e ficavam imitando.” No dia 25 de junho a notícia da morte do cantor pegou a todos de surpresa. Liguei pra mesma tia e ela disse “lembrei de vocês pequenos, ainda no domingo a gente falava dele né?“.

Ao acompanhar o noticiário e posteriormente assistindo os documentários sobre o rei do pop que pipocavam para todos os lados, lembrei, mas não de Michael. Não de lobisomem, Thriller, moonwalk, robô, chapéu, luva, vitiligo, pedofilia nada disto. Eu lembrei de mim. Quantas vezes assisti a cada um daqueles clipes? E quantas vezes o mesmo clipe me surpreendeu novamente? Quantas vezes redescobri o talento de Michael Jackson? A princípio eu gostava do visual e dos efeitos especiais, depois descobri a música. Com o tempo descobri o Jackson 5 e tudo fazia sentido, tudo se encaixava. Quem escuta Michael com menos de 10 anos cantando diz ‘está aí o futuro rei’ e não deu outra.

Infelizmente, nos últimos anos, parece que Michael se esforçou ao máximo para quebrar tudo que construiu, dentre elas, a profunda admiração que cativou numa geração inteira. Não havia nada mais triste que, ao longo dos anos, conviver com o deboche das pessoas que riam do seu branqueamento, do seu cabelo, nariz fino, lábios finos e posteriormente, o pior de todos, acusação de pedofilia. O pior entretanto, é que o próprio Michael não nos deixou escolha. Como defender um cara daqueles? Não era a mesma pessoa, não podia ser. Parece que Michael (o gênio) entrou em coma em meados dos anos 90 e só saiu agora quando seu corpo físico não suportou mais tamanha insanidade.

Com a notícia da morte o mundo pôs os pés no chão. Ao invés de incriminá-lo e ridicularizá-lo vieram as devidas e emocionantes homenagens que estavam adormecidas pelos escândalos dos últimos anos. Afinal de contas, Michael Jackson não era isso ou aquilo, ele era tudo isso. Desde as surras de criança até a acusação de pedofilia, tudo compôs o universo Michael Jackson e não fosse um destes elementos, positivos ou negativos,  a história seria outra e talvez o grande artista, ou gênio, não tivesse se manifestado.

Ficam os escândalos, insanidades mas fica também a atitude, a dança e o suingue daquele que quebrou barreiras e mudou a história do showbusiness.

Pelos meus anos 80, valeu Michael!

Tags: , , , , , , , , , , ,

2 Respostas to “Música – Michael Jackson”

  1. leandro ramires Says:

    sensacional o texto vital…..o michael foi sensacional, nem os escandalos e suas excentricidades conseguiram apagar a imagem do super artista que ele era…sua musica é atemporal e ele a partir do dia 25 de junho entrou na seleta galeria de mitos da música….junto com bob marley, elvis, jhon lennon e outros….aliás..mito ele ja era….agora ele é uma lenda!

  2. bianca Says:

    eu achei muito legal esses videos do michael jakcson por que eu sou a fa numero 1 do dele e comecei a ouvir a musica smooth criminal aos 3 anos!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: