Cinema – Avatar

by

Avatar é realmente lindo, maravilhoso, fantástico, hipnótico e alucinante mas a euforia só dura enquanto estivermos falando de cenário, paisagens, efeitos especiais, computação gráfica e, é claro, cinema tridimensional.

A história em si tem um quê de ingenuidade tão forte que me faz pensar que o filme é infantil e devido apenas a avalanche de tecnologia na tela acabamos esquecendo de que no fundo tudo não passa de mais um caso de progresso contra natureza ou melhor dizendo, índios contra metralhadoras. É claro que são superíndios contra supermetralhadoras mas, tirando o fato de que o planeta não é a Terra e os índios são monstros humanóides azuis de 3m de altura, a história é essa.

É como se o cérebro do público já estivesse tão ocupado em processar tanta computação gráfica, cores e efeitos que um enredo elaborado poderia causar convulsões por hiperatividade ou desinteresse geral.

Enfim, o filme é um bom divertimento e exageradamente bem feito, mas, ficção por ficção, continuo com Matrix.

Tags: , ,

Uma resposta to “Cinema – Avatar”

  1. Flávia Campos Says:

    Éeee falou e disse!!!!

    Mas mesmo assim o mundo é lindooo!!!!!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: