Posts Tagged ‘myspace’

Tecnologia – Ubuntu e Eu [2]

janeiro 12, 2011

DOWNLOAD

O primeiro passo da nossa jornada rumo à liberdade de espírito é justamente conseguir o Ubuntu! E como não poderia deixar de ser, consegui-o-o gratuitamente no site do projeto www.ubuntu.com.

Qual versão baixar? Bem, a última! Claro. Mas foi só depois de baixar que eu vi que existe uma versão do sistema especialmente desenvolvida para Netbooks e que pode ser encontrada aqui.

Antes de começar vamos falar da minha máquina para ilustrar melhor a história. Pretendo instalar o Ubuntu no meu netbook que é um Asus EEEPC 1002HA com processador de 1.6GHz, 160GB de HD, 1GB de memória RAM, wireless, video integrado, bluetooth, webcam e etc.

Infelizmente, na correria eu acabei baixando a versão 10.10 32bit (a última até o momento) para Desktop do Ubuntu. Mas como eu rodo o Windows 7 – 32bit sem problemas, acredito que vai ser fichinha pro Net. Se der certo mesmo pode ser que no futuro troque pela versão Net.

EXPECTATIVA

Agora uma questão filosófica, quais as minhas necessidades computacionais atuais? Na reta final do curso de Engenharia Eletrônica eu precisava de uns softwares bem específicos que eu nem ousei pesquisar se tinha versão para Linux, tipo Matlab, Siemens Step7, Logo, Wizcon, WinHP, compilador Arduíno e etc. Mas agora que o suplício acabou as necessidades ficaram bem mais modestas, mas ainda assim com certo desejo de qualidade.

Hardware

Eu preciso de um sistema operacional que converse bem com o hardware disponível e de preferência, identifique e configure tudo automaticamente. Ou seja, a placa de rede cabeada e wireless, além do bluetooth, speaker, video, microfone, webcam, mouse touchpad, leitor de cartão e portas USB tem que funcionar perfeitamente.

Software

Alguns programas são básicos para a sobrevivência de qualquer pessoa no ano de 2OOZY como um editor de texto, planilha e apresentação. Bem como PDF, imagens, player de música, player de video, editor de video (estilo Windows Movie Maker), Itunes e também os programas feitos para CLOUD COMPUTING (nome chic pra caramba).

Internet

A vida hoje é online e online devemos ficar. E como temos Firefox para Linux, então ‘seus problemas se acabaram-se‘. Mas ainda assim quero ver o suporte e a performance do bicho para rodar Flash (contrariando os desejos da Apple), Java e demais páginas. Bem como aqueles serviços fundamentais como os Instant Messengers MSN, Google Talk, Skype, Facebook, Myspace e outros jovens à vista.

Pergunta: o Ubuntu vai me oferecer tudo isso? E mais, EU saberei saborear estes recursos do Ubuntu? Vamos que vamos.

Programa baixado, é hora de instalar.

BACKUP

Antes de instalar, uma vez que vamos formatar geral, é importante fazer um backup bacana dos seus arquivos atuais. No meu caso, são cerca de 100GB de backup. Como o netbook não tem drive de cd, muito menos de blue-ray, o jeito é fazer o backup via pendrive ou rede. Hmmmmmm, 100GB em pendrive? Não, vamos via rede. E ainda assim foi um parto! 2 dias de conexão wireless inconstante e uma taxa máxima de transferência de 2MB/s. O grande problema é que você não pode simplesmente selecionar tudo e mandar copiar porque de tempos em tempos dá pau e você tem que clicar num ‘Continuar‘ ou simplesmente recomeçar o processo. Para monitorar a transação do netbook para desktop, utilizei o excelente site Logmein que permite controle remoto do computador e é tema de um futuro post, quem sabe.

 

PENDRIVE DE BOOT

Para instalar um sistema operacional novo numa máquina que não tem drive óptico (nem disquetes, diga-se de passagem) é possível fazê-lo através de um drive de CD externo, conectado via USB ou simplesmente através de um pendrive de boot, (‘bootável’, como dizem). Pode ser feito também via LAN, mas vamos de pendrive mesmo.

Peguei o meu pendrive guerreiro de 4GB e formatei em NTFS, seguindo os procedimentos que eu tinha num antigo roteiro que ensinava a fazer justamente um pendrive bootável. Foi então que percebi o problema de não conseguir dar boot na unidade, porque era NTFS. Reformatei rapidamente em FAT32 e deu tudo certo. Mas como fazer?

1) Entre nas configurações da BIOS do seu computador, opções de BOOT e habilite a opção de dar boot a partir de um pendrive (ou flash unit, flash memory…) É claro que o computador tem que ter suporte a isso, mas os mais novos todos tem.

2) Prepare o pendrive bootável do Ubuntu. Como fazer? Nesta página tem os procedimentos rápidos e simples de como criar. Basicamente você precisa instalar o Universal-USB-installer e a partir dele indicar onde está o arquivo ISO (que baixamos do site do Ubuntu) e qual o pendrive a ser transformado. Sem segredo. Feito isso podemos finalmente começar a saga!

E isso será assunto para a parte [3].

Anúncios

Música – Supergalo

abril 1, 2009

supergalo

Só o nome já vai dividir a audiência mineira em simpatizantes e desgostosos da banda, antes mesmo de ouvir um único acorde, devido a rixas de futebol. Mas aconselho, não se avexe, deixe o preconceito de lado e curta um belo rock n´roll.

A banda Supergalo, formada por ex-integrantes de outras bandas (Fred baterista do Raimundos, e Alf do Rumbora), mostra um som cru, forte e pronto pra virar chiclete na sua cabeça.

Riffs poderosos, bateria estrondosa e vocal direto marcam o som deste excelente grupo. Acompanhei (e baixei) as 4 músicas que estavam disponíveis no MySpace para virar fã. Só aguardava no entanto o lançamento do álbum oficial que, parece, aconteceu recentemente. Ainda não ouvi as outras faixas, mas só pelas 4 citadas anteriormente, já posso garantir que se trata de um excelente trabalho. Que venham para os palcos mineiros.

As 4 benditas:

O Clone

Ela É

Ataque Aéreo

Nada!

http://www.myspace.com/supergalo

supergalo2

21-5

Música – Show must go on

dezembro 5, 2008

E a revolução continua…

paulaivete

A revolução do MySpace

novembro 26, 2008

myspace1

O site de relacionamento MySpace.com tem revolucionado o cenário musical mundial de forma bem sutil. Estes dias eu li na revista Super Interessante um rapaz dizendo que a pirataria era boa pro capitalismo porque afinal de contas, ela o forçava a se reinventar.

Não adianta as gravadoras e mega empresários ficarem torcendo o nariz contra a música mp3 ou contra os sites de troca de arquivo, eles deveriam sim é repensar na sua forma de distribuição de música. Hoje qualquer mortal pode comprar um CD ‘virgem’ por menos de R$1,00, imprimir uma capinha bacana e gravar ali algumas músicas. Se o mortal tiver uma banda e um trabalho autoral poderia então ao custo de uns R$3,00 vender seus discos. Mas é claro que entram outros gastos na história. Na indústria fonográfica mesmo existe o gasto com pagamento de salários, distribuição do CD pelos lojas, material de divulgação, cachê dos artistas e por aí vai. Mas mesmo assim, nada vai convencer nenhum cristão de que R$30,00, R$40,00 seja um preço justo por um mísero CD. Ainda mais quando você vai comprar um álbum inédito e não sabe se vai gostar de todas as músicas. Na modernidade, pagamos apenas pelo que gostamos e olhe lá.

Na ponta da revolução estão a Apple Store, loja da criadora do Iphone (do Ipod, do IMac, do Macintosh…) que vende downloads autorizados de arquivos MP3 (você paga por música baixada) e o site mySpace.

O MySpace, como todo site de relacionamento, permite a você criar um perfil e associar perfis de amigos ao seu. No seu perfil você pode colocar fotos, videos, textos e músicas. O fato de disponibilizar músicas parece que foi o que mais deu certo. No princípio o artista (na grande maioria desconhecidos) poderiam autorizar ao internauta fazer o download do arquivo, mas hoje parece que não pode mais, paciência. O lance é que cada vez mais grandes artistas estão fazendo o lançamento do seu álbum de inéditas no mySpace.

Funciona assim, você não consegue baixar as músicas, mas escuta o disco na íntegra. Um dos primeiros a fazer isso foi o Radiohead e agora todo mundo faz.

Só este mês tivemos os seguintes lançamentos inéditos no myspace:

www.myspace.com/margarethmenezes

margarethmyspace

www.myspace.com/marcelocamelo

http://br.myspace.com/thefiremanmusic

www.myspace.com/littlejoymusic – nova banda Rodrigo Amarante (ex-Los Hermanos)

camelojoypaulspace

www.myspace.com/gunsnroses

gnschinecespace

www.myspace.com/oasis

oasisspace

www.myspace.com/mallumagalhaes

malluspace

www.myspace.com/britneyspears <- Eco!

britneyspace

Após o lançamento parece que o disco do Guns não está mais disponível na íntegra mas pelo menos eu consegui ouví-lo de ponta-a-ponta no dia 23 de novembro antes do lançamento oficial nas lojas que foi ontem, dia 25.

Outro fato que merece comentário é sobre a Mallu Magalhães. Completando o ciclo de revoluções do mySpace podemos dizer que ela foi a primeira artista fruto da geração mySpace. Tudo começou quando ela, ainda mais jovem, colocou umas músicas próprias no site e o trem virou fenômeno de clicks. Hoje, mais ou menos 1 ano depois, a menina virou celebridade, assinou com uma grande gravadora, assinou com a Vivo, participou do CD solo de Marcelo Camelo e ainda divide com ele a polêmica de pombinhos da vez.