Posts Tagged ‘minas gerais’

Pelas serras e águas de Minas

setembro 15, 2009

Visite: Pelas Serras e Águas de Minas

Anúncios

Música – Woodstock versão Minas Gerais

setembro 6, 2009

mm01mm02

Música – Festival Tudo É Jazz

agosto 28, 2009

tudoejazz

Que coisa boa estes festivais de Jazz pipocando por aí. Agora só falta tocar no rádio e na televisão.

O Tudo é Jazz (festival anual de Jazz de Ouro Preto) do ano passado foi uma festa muito bacana e homenageou o grande Milton Nascimento.

O festival deste ano é em homenagem a Billie Holiday e esta é uma excelente oportunidade para, quem não conhece, tirar o atraso e apreciar a obra da diva. Por favor, inclua nos ignorantes este que vos fala.

A festa acontece entre os dias 18 e 20 de setembro e a programação completa pode ser vista em: http://www.tudoejazz.com.br/

Música – SHOWS DE INVERNO EM MINAS (1)

junho 22, 2009

st5

Nada é mais gostoso e mais simpático que o frio do inverno. É claro que solidarizamos com aqueles que moram na rua e passam frio de verdade mas as campanhas de agasalho são bem sucedidas no intuito de minimizar este sofrimento. Fora isso adooooro o frio cortante e congelante do inverno que assola Minas Gerais (e boa parte do Brasil) nos meses de junho e julho. E tão bem vindo quanto o frio são os Festivais de Inverno, Torneios Leiteiros, Exposições Agropecuárias e todas estas festas maravilhosas que pipocam pelo riquíssimo interior do Estado.

Eu sou fã de todas elas e se pudesse iria em todas, principalmente naquelas onde o show é de graça (adoooro show de graça) mas nas outras também vou porque o ingresso costuma ser baratin baratin e você vive a cultura regional de forma agradabilíssima.

As festas que eu costumo ir todo ano são Festa dos Pés-de-Pomba (Barão de Cocais), Torneio Leiteiro (Santa Bárbara) e os Festivais de Inverno (Ouro Preto, Mariana, Itabira, Diamantina…) Só coisa fina! O único problema é que às vezes parece que o mês fica pequeno e aí os finais de semana começam a entrar em choque de atrações com outros povoados. Aí é triste, mas fora isso vamos conciliando.

A música também nem sempre é aquela jóia mas não tem problema. Você chama uma pinga no peito pega um churrasquinho e vai pra galera.

Para começar a divulgar a rica e disputada agenda cultural de junho e julho criei uma agenda pública do GOOGLE AGENDA e aquilo que tomar conhecimento, vou também divulgando aqui com posts específicos.

A primeira a divulgar suas atrações foi a prefeitura de Santa Bárbara (100km de BH).



SANTA BÁRBARA-MG

Festa: 33o TORNEIO LEITEIRO

09 de Julho (quinta-feira) – DANIEL (entrada franca)

st1

10 de Julho (sexta-feira) – Alexandre Peixe

st2
11 de Julho (sábado) – Nando Reis

st3
12 de Julho (domingo) –  Jorge & Matheus

st4

Mais informações: (31)3291-5010

Ou neste site.

Abraço e boa viagem!

A morte pede carona

dezembro 26, 2008

natal1

Fim de ano é época de cair na estrada, viajar e encontrar os entes queridos. Mas nem todos chegam ao seu destino. Nem todas as famílias tem uma ‘Noite Feliz‘. No Estado com a maior malha rodoviária do Brasil (MG), falou em feriado, falou em morte. A estatística não falha, tão logo começam as horas do recesso e os motoristas entram nos seus carros, começam a chegar as notícias.

Hoje os jornais divulgaram os primeiros números. Só no dia de Natal foram 11 mortos. E num período de 5 dias 34 óbitos, opa, 36 (já atualizaram o site).

Diante deste histórico e também com o agravante (mais do que relevante) que é a chuva ininterrupta, era de se esperar maior cuidado dos motoristas mas o que se vê é um circo de horrores viajando ao seu lado. Um freak show de primeira categoria. Filhos da puta, hipócritas, safados, sem educação e motorizados assassinando uns aos outros.

Quer morrer filha da puta?‘ dizia a música de Morais Moreira(*) sobre selvageria no trânsito. Ouvi dizer que se todas as estradas brasileiras fossem perfeitas iria haver a redução de apenas 5% do total de acidentes. Ou seja, a estrada não é duplicada, é cheia de curva e esburacada? Então vá devagar!! Pisa no freio e espere a tua vez.

No dia 24 eu dirigi 400km atravessando essa Minas Gerais de meu Deus de um lado a outro. De Lagoa da Prata a Ipatinga passando por Belo Horizonte. A imprudência é contínua e só a sorte (ou Deus) parecem estar do seu lado. Infelizmente não adianta fazer tudo certo porque vem um afoito na contra-mão e acaba contigo. Diante do acaso parece que os infelizes abusam ainda mais da sorte e contam que você não vai vacilar.

Na BR-381 (caminho pra Vitória) pegamos dois acidentes que bloquearam a pista. Chegamos a ficar 1 hora parados esperando o trânsito liberar enquanto a fila de carros ia dando volta (e o congestionamento causando inveja a São Paulo). Ambulâncias e caminhões dos Bombeiros pediam passagem com quase cuidado para não piorar o caos. De repente um helicóptero rasga o céu e leva aquele que necessita de mais cuidado. Me pergunto, lá vai a vítima ou o apressado?

Tão logo os carros começam a andar voltam as ultrapassagens proibidas pela esquerda e pela direita. Graças a Deus não nos aconteceu nada. E rezo para que também não aconteça aos amigos e familiares que estão viajando. Nada pior do que interromper a vida num momento que era pra ser de alegria e reunião, então amigo a você que me lê e vai pegar a estrada só peço uma coisa, não abuse, tenha educação. Respeite as leis básicas e tenha bom senso. Tenha paciência, calma e xingue o que tiver que xingar, mas não ultrapasse aonde não deve. Atrase a sua viagem em horas, mas chegue. Isso, não vai doer. Em suma:

NÃO CORRA.

NÃO MATE.

NÃO MORRA.

 

 

Jornal Hoje em Dia

Jornal Hoje em Dia

 

Jornal O Tempo

Jornal O Tempo

natal4

Jornal Estado de Minas

 

(*) Sinal de Vida, é o nome da música. 

E essa chuva?

dezembro 19, 2008
Santana do Jacaré

Santana do Jacaré

Parecia cena de filme sobre o fim dos tempos mas em Belo Horizonte chegou a chuver 5 dias ininterruptamente. Eu nunca vi isso, você acorda com chuva, passa a manhã, a tarde, a noite e quando chega a madrugada? Mais chuva.

No começo todo mundo celebrou porque afinal de contas estamos com a péssima mania de ficar 100, 200 dias sem um único pingo d´água, mas aí quando vem, vem com tudo. Todo ano é a mesma coisa, as chuvas de novembro e dezembro sempre trazem transtornos ao trânsito e, principalmente, às famílias em área de risco. Às vezes nos pergutamos porque que as pessoas em área de risco insistem em ficar lá mas por outro lado, e se nossa casa fosse uma área de risco? É complicado.

Esse ano foi tudo igual, primeiro um calorzão insuportável, o tempo seco, suadeira, garganta seca e nada de água. Quando estávamos justamente batendo o recorde de dias infernais veio o primeiro sinal de que o tempo está descontrolado. Caiu uma tromba d´água relâmpago que arrasou tudo e de brinde trouxe um fenômeno que andava sumido faz anos, o granizo. Mas num foi um granizinho não, foram bombas como bolas de sinuca, despencando do céu como se enviadas por Deus mirando a testa daqueles que estão em débito.

De repente uma paisagem européia se formou em plena Minas Gerais. Ruas e avenidas brancas e junto disso, é claro, o prejuízo. Telhados cederam, carros alvejados e vidros estilhaçados.

Betim, Setembro 2008

Betim, Setembro 2008

Pois bem, foi só um presságio. Nem bem terminamos as orações por Santa Catarina e agora a chuva nos pegou. Hoje saiu no Jornal Estado de Minas que temos 70 municípios com enchentes e 40 em estado de emergência. Tem até lugar isolado porque a estrada está inundada (Brumadinho). Teve cidade que se preparava para mandar os mantimentos para o Sul quando teve que abandonar a doação porque agora também vai precisar. E tudo assim, sorrateiro e sem aviso.

Sobre o fim do mundo… num sei não. Este ano tivemos em Minas Gerais terremoto, neve e enchente. O que nos reservas, ó doce futuro?

ufmg_18dez

Campus da UFMG

Brumadinho

Brumadinho

Capa do Jornal Estado de Minas de 19 de dezembro de 2008

Capa do Jornal Estado de Minas de 19 de dezembro de 2008